Início » cálculos renais » Retenção Urinária: como essa doença pode ser um perigoso alerta

Retenção Urinária: como essa doença pode ser um perigoso alerta

Retenção Urinária pode ser sinal de outras doenças

A retenção urinária é um problema comum a homens e mulheres, sendo caracterizada pela dificuldade de esvaziar completamente e bexiga

Na maioria dos casos que envolve o sexo masculino, a retenção pode ser sinal de doenças como hiperplasia prostática benigna.

A hiperplasia prostática é o aumento benigno da próstata, que se iniciar as 40 anos e ocorre para 90% dos homens. À medida que o homem envelhece e a próstata naturalmente aumenta de tamanho e pode começar a comprimir o canal da urina, assim deixando mais difícil esvaziar a bexiga. Além disso a retenção urinária pode provocar danos a esse órgão e aos rins. 

E é por isso que a campanha Novembro Azul realizada durante todo o mês de novembro – dá tanto foco à importância do exame de próstata, no qual seu médico pode avaliar se há aumento da próstata e sinais de câncer de próstata.

O tratamento do aumento da próstata pode ser feito com medicações, mas quando está em fase avançada, a ponto de provocar retenção urinária, é necessário realizar cirurgia, que pode ser feita pelo canal de urina. É um procedimento pouco invasivo e o paciente recebe alta no dia seguinte. 

A cirurgia robótica de próstata é recomendada para os pacientes que têm de câncer prostático, mas pode ser usada em casos de aumento da próstata, quando a massa prostática é muito grande e a cirurgia pelo canal da urina se torna mais arriscada.

Mas há, ainda, outras causas que valem ser analisadas com cuidado, o que mostra como é importante buscar o auxílio médico para a avaliação de cada caso especificamente. 

Quais as características da retenção urinária?

A retenção urinária, uma condição em que a bexiga não esvazia completamente, mesmo que esteja cheia,  podendo afetar homens e mulheres. Mas ocorre com mais frequência nos homens, principalmente à medida que envelhecem.

Ao passar dos 70 anos, mais de 80% apresentam o quadro de aumento do tamanho da próstata, o que pode levar à retenção urinária. 

A retenção é classificada em dois tipos: aguda e crônica  e podem ainda ter quadros e causas diferentes. 

Retenção Urinária Aguda

No caso da retenção aguda, o problema surge de forma repentina e pode se tornar fatal, exigindo que você procure um médico urologista imediatamente

Os primeiros sintomas são dificuldade de urinar e muita dor e desconforto na parte inferior do abdome, mais propriamente, na região da bexiga. 

Caso você apresente alguns desses sintomas, o ideal é buscar a emergência médica. Assim o acúmulo de urina será liberado com a ajuda de medicamentos e outros procedimentos.

Retenção Urinária Crônica

Já a retenção urinária crônica ocorre por um longo período de tempo e você pode nem saber que tem essa condição, pois ela não apresenta sintomas inicialmente. 

Contudo, com o passar do tempo, a retenção urinária crônica pode levar a várias complicações como:

  • Necessidade de urinar com frequência, geralmente oito ou mais vezes por dia;
  • Dificuldade de iniciar o fluxo de urina;
  • Seu fluxo de urina é fraco ou inicia e para;
  • A urina vaza da bexiga ao longo do dia;
  • Logo depois de terminar de urinar, você sente que precisa urinar de novo;
  • Leve desconforto contínuo ou uma sensação de plenitude na pélvis / parte inferior do abdomem.

Se você tem um ou mais desses sintomas, saiba o que pode estar causando a retenção e todo esse desconforto decorrente.

Fique atento! Retenção de urina pode ser sintoma de problemas mais graves

Em homens e mulheres, a retenção pode ser provocada pela presença de pedras do trato urinário, por inflamação grave da uretra, por estenose uretral e até mesmo pela presença de um objeto estranho inserido na uretra ou por uma formação tumoral na bexiga ou nas vias urinárias.

Nos homens, as principais causas estão relacionadas à próstata, seja em razão do surgimento da Hiperplasia Prostática Benigna (HPB) ou do câncer de próstata, cujo tratamento mais recomendado atualmente é a cirurgia robótica de próstata.

Afinal, este tipo de cirurgia é menos invasivo e promove a recuperação do paciente de forma mais rápida. 

Vale concluir que a retenção urinária é uma doença fácil de diagnosticar. Mas, caso não seja diagnosticada e tratada corretamente, pode trazer sérias complicações para a sua saúde. 

E isso ocorre especialmente se a retenção estiver associada ao câncer de próstata, um dos tipos de câncer que mais mata homens no Brasil. 

Então, conscientize-se! Procure ajuda médica profissional e não deixe de fazer exames de rotina como testes de sangue, ultrassonografia e toque retal, que podem te alertar sobre sua saúde urinária e prostática.

Então, entre em contato conosco e agende sua consulta hoje mesmo, assim você poderá manter sua saúde sempre em dia!

Dr. Luiz Takano <meta name="author" content="Doutor Luiz Takano, Médico Urologista. CRM 119.898">

Dr. Luiz Takano

Urologista – CRM 119.898
Membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia.
Formação em Cirurgia Urológica Robótica na Johns Hopkins School of Medicine.

Agende sua consulta

Outros Artigos