Início » Cirurgia a Laser » Fatores indispensáveis na prevenção do câncer de próstata

Fatores indispensáveis na prevenção do câncer de próstata

prevenção do câncer de próstata

Estudos feitos pelo Instituto do Câncer (INCA) mostram que o câncer de próstata é o segundo tipo de câncer de maior incidência entre os homens no Brasil. Mas a doença, que afeta mais homens após os 50 anos, pode ser diagnosticada e tratada a tempo caso se for detectada no início. Para que a prevenção do câncer de próstata seja possível, são necessários cuidados que incluem desde consultas de rotina, realização de exames de PSA e toque retal até a manutenção de uma vida mais saudável

Neste artigo o Dr. Luiz Takano – especialista em urologia minimamente invasiva –  vair abordar cada um desses fatores de prevenção do câncer de próstata em detalhes. Confira!

Exame de PSA e Toque retal

A realização de ambos os exames é fundamental no diagnóstico precoce do câncer prostático. No entanto, cabe destacar que os exames são complementares, sendo recomendado que o paciente não descarte um em função do outro. 

O exame PSA, feito com análise dos níveis dessa substância no sangue, pode não ser ser suficiente, pois alguns tumores não provocam grandes elevações do PSA. Por isso, o toque retal ainda é necessário para uma avaliação adequada pelos médicos urologistas. 

Alimentação saudável

Muitos fatores de risco como idade, raça e genética não podem ser controlados. No entanto, há algumas coisas que podem ser feitas a fim de reduzir os riscos de desenvolvimento do câncer de próstata.

Ter uma alimentação mais equilibrada é uma delas. Alguns estudos apontam que homens com sobrepeso ou obesidade podem ter maior risco de desenvolver o tumor prostático

Siga um padrão de uma dieta rica em vitaminas e minerais, que inclua uma variedade de frutas e vegetais coloridos e grãos. 

Além disso, reduza o consumo de carnes vermelhas e bebidas adoçadas com açúcar.

Exercícios físicos

O sedentarismo pode ser um fatores de risco para o desenvolvimento desse tipo de câncer. Por isso, recomendamos a prática de atividades físicas regularmente – caminhadas, corridas, natação, dentre outros exercícios.

Segundo pesquisa da American Society of Clinical Oncology, feita em 2018, a prática regular de exercícios físicos ajuda a prevenir 40% dos casos de câncer.

Consultas com seu urologista

Todas as práticas anteriores são de grande relevância, mas o mais importante é realizar consultas de rotina com seu médico urologista. Grande parte dos homens buscam auxílio médico só quando os sintomas aparecem e, muitas vezes, o tumor já está em fase avançada. 

Portanto, não deixe de fazer uma consulta pelo menos uma vez ao ano, quando serão prescritos exames e outros cuidados preventivos pelo seu médico! Se você ainda não tem um especialista para cuidar do seu caso, agende sua consulta hoje mesmo com o Dr. Luiz Takano!

Dr. Luiz Takano <meta name="author" content="Doutor Luiz Takano, Médico Urologista. CRM 119.898">

Dr. Luiz Takano

Urologista – CRM 119.898
Membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia.
Formação em Cirurgia Urológica Robótica na Johns Hopkins School of Medicine.

Agende sua consulta

Outros Artigos