Início » cirurgia a laser de calculo renal » Casos de Pedras nos Rins aumentam no verão: saiba o porquê e como se prevenir

Casos de Pedras nos Rins aumentam no verão: saiba o porquê e como se prevenir

Casos de pedras nos rins aumentam no verão

Dados da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) relatam um aumento de 30% nos casos de pedras nos rins durante o período mais quente do ano.

Nesta época, também existe um aumento na busca sobre informações dos cuidados e do preço da cirurgia a laser de pedras nos rins. Afinal esse procedimento é um dos mais indicados por especialistas e mais seguros para o paciente.

No entanto, é importante saber que esse problema renal tem prevenção! Ao conhecer as causas da formação das pedras no rim e tomar alguns cuidados, é possível evitar os cálculos e os sintomas. 

Por que os Casos de Pedras nos rins aumentam no verão?

A combinação de maus hábitos com certos fatores hereditários são alguns dos gatilhos para a formação de cálculos renais.

Estimativas apontam que esses dois aspectos são responsáveis por 15% dos casos de pedras nos rins da população brasileira.

No entanto, a incidência da doença aumenta no verão, e por razões específicas. Nessa época, perdemos muito água por transpiração e as pessoas acabam não ingerindo uma quantidade de líquidos suficiente para repor essa perda.

Além, disso, no verão, geralmente ocorre aumento do consumo de produtos ricos em sódio, o que também contribui para a formação dos cálculos renais.

As pedras geralmente se formam nos rins e quando estão nesse órgão, não costuma provocar sintomas. Quando o cálculo se desloca, porém, ele alcança o ureter, canal que liga o rim a bexiga e obstrui a drenagem de urina.

Isso provoca dilatação do ureter e do rim, causando dor extremamente forte, chamada cólica renal. Além da dor, podem ocorrer também:

  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Sangue na urina;
  • Dor ao urinar;
  • Sensação de bexiga cheia, mesmo já tendo urinado.

Como prevenir a formação de cálculos renais?

A prevenção ainda é o melhor remédio. Para evitar a formação dos cálculos renais é recomendado beber líquido, como água, suco natural. Certamente o ideal é consumir pelo menos 2 litros de líquidos por dia. Além disso, evitar o consumo de alimentos ricos em sódio (industrializados, enlatados, macarrão instantâneo, embutidos, sucos artificiais).

É recomendado também não abusar dos alimentos ricos em proteína, já que elevam a quantidade de ácido úrico, favorecendo a formação das pedras nos rins. Então, prefira os alimentos mais leves, incluindo legumes e verduras.

Procure um urologista especializado em cirurgia a laser de pedra nos rins.

Então aposte em um estilo de vida mais saudável, faça atividades físicas regularmente e lembre-se de consultar um médico urologista caso você precise de cirurgia a laser de pedra nos rins.

Você procura um urologista especialista para atender seu caso? Então entre em contato conosco e agende sua consulta hoje mesmo!

Dr. Luiz Takano <meta name="author" content="Doutor Luiz Takano, Médico Urologista. CRM 119.898">

Dr. Luiz Takano

Urologista – CRM 119.898
Membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia.
Formação em Cirurgia Urológica Robótica na Johns Hopkins School of Medicine.

Agende sua consulta

Outros Artigos

Fechar Menu
WhatsApp Fale Conosco!