Entenda sua Doença

Cirurgia Minimamente Invasiva

Cirurgia Minimamente Invasiva

O que é cirurgia minimamente invasiva?

A medicina fez muitos avanços e hoje muitas cirurgias complexas já podem ser feitas sem cortes, utilizando orifícios naturais como a abertura do canal da urina (uretra) ou com cortes muito pequenos de 0.5  a 1cm, por onde introduzimos uma pequena câmera e pinças especiais.

Esses procedimentos são chamados de cirurgia minimamente invasiva.

Qual a diferença de cirurgia minimamente invasiva e cirurgia a laser?

Laser (da sigla em inglês para light amplification by stimulated emission of radiation)  é um dispositivo que produz radiação eletromagnética com características especiais.

Utilizamos esse dispositivo em cirurgias urológicas minimamente invasivas para quebrar pedra nos rins, para vaporizar tecido de próstatas aumentadas e para vaporizar tumor de bexiga.

Muitas pessoas confundem laser como sinônimo de minimamente invasiva, mas nem toda cirurgia minimamente invasiva utiliza laser.

Quais são as doenças que podemos tratar com cirurgia minimamente invasiva?

Na urologia, podemos utilizar essa técnica para tratamento de pedra nos rins (cálculos renais), próstatas aumentadas (hiperplasia prostática benigna), câncer de próstata, câncer de bexiga, câncer de rim, entre outras.

Usamos o laser apenas nas cirurgia para quebrar pedra nos rins, para vaporizar tecido de próstatas aumentadas e para vaporizar tumor de bexiga.

Quais as vantagens da cirurgia minimamente invasiva?

As vantagens em relação a técnica “aberta” são:

  • menos risco de sangramento
  • menos tempo de internação
  • menos dor após a cirurgia
  • menos necessidade de repouso
  • sem cicatrizes ou cicatrizes muito pequenas

Dr. Luiz Takano – Urologista

CONSULTAS

Para agendamento, ligue para nós, mande uma mensagem por WhatsApp ou preencha o formulário abaixo e aguarde a confirmação
""
1
Nome
Telefoneyour full name
Dataof appointment
Mensagemmore details
0 /
Previous
Next
Fechar Menu
× Fale Conosco!