Entenda o tratamento da metástase do câncer de próstata nos ossos

Como é feito o tratamento da metástase do câncer de próstata

Navegue por tópicos:

A cirurgia robótica é o melhor tratamento para a remoção do câncer de próstata quando o tumor encontra-se apenas na próstata. Mas,  quando a doença não é diagnosticada precocemente, o câncer pode invadir órgãos vizinhos, como bexiga, ou mesmo à distância como ossos e pulmões, o que chamamos de metástases e configura um quadro com complicações graves. As metástases ósseas são especialmente preocupantes pois podem provocar fortes dores e mesmo fraturas. 

Por isso, é importante conhecer os métodos atuais de tratamento para metástases nos ossos. Saiba mais neste artigo da Takano Urologia! 

Câncer de próstata: como ocorrem as metástases nos ossos?

Diferentemente das células normais, as células tumorais proliferam de modo rápido e desordenado, podendo invadir órgãos vizinhos, vasos linfáticos e vasos sanguíneos. Quando invadem o sistema linfático ou vascular, podem alcançar órgãos à distância, o que chamamos de metástases. 

No caso do câncer de próstata os ossos são os principais órgãos afetados por metástases.  A metástase óssea é particularmente preocupante pois é capaz de provocar fraturas, compressão de nervos e da medula espinhal, provocando dor e alteração de força muscular. Além disso, pode causar elevação dos níveis de cálcio no sangue, o que, por sua vez, pode desencadear arritmias e eventualmente óbito. 

Terapia de privação hormonal para câncer de próstata

Esse tipo de tratamento tem por objetivo reduzir a produção de testosterona. É importante lembrar que esse hormônio não provoca o câncer de próstata, mas é um estímulo bioquímico para a proliferação das células tumorais. 

Desse modo, a diminuição dos níveis de testosterona no sangue reduz a velocidade de crescimento do tumor, freando sua evolução. Há efeitos colaterais importantes uma vez que o hormônio influencia diversos aspectos como massa óssea, massa muscular, risco de doença cardiovascular bem como libido e ereção. 

Tratamentos específicos 

Além da terapia de privação hormonal, foram desenvolvidos novos medicamentos que tratam, especificamente, a metástase óssea.

Bisfosfonatos

Nos ossos há diferentes tipos de células, mas devemos destacar os osteoblastos e os osteoclastos. De modo bastante simplificado, os osteoblastos são responsáveis por depositar cálcio nos ossos; os osteoclastos, por retirar cálcio dos ossos. 

Os bisfosfonatos são drogas que diminuem justamente a ação dos osteoclastos, o que permite: 

  • Reduzir dor óssea;
  • Prevenir fraturas;
  • Reduzir desmineralização óssea em pacientes recebendo terapia de privação hormonal.

Denosumabe

Denosumabe é outro medicamento utilizado no tratamento das metástases ósseas. Atua também no bloqueio dos osteoclastos, mas de modo diferente dos bifosfonatos. 

É especialmente utilizado quando as metástases do câncer de próstata não mais respondem ao tratamento de privação hormonal. Nesse cenário, a droga tem resultados superiores ao bifosfonatos nos seguintes aspectos: 

  • Prevenção ou retardamento de fraturas 
  • Melhora da dor óssea

Radiofármacos

Os radiofármacos são medicamentos que se ligam especificamente à célula cancerosa, levando um elemento que emite radiação, com o intuito de destruir  o tumor. 

Ao contrário da radiação de feixe externo, os radiofármacos tratam todos os ossos afetados ao mesmo tempo. Os radiofármacos mais utilizados são o Estrôncio-89 (Metastron), o Samário-153 (Quadramete) e o Rádio-223 (Xofigo).

Gostou deste artigo? Tire suas dúvidas sobre câncer na próstata e sobre a cirurgia robótica em nosso blog! Mas se você deseja ter uma consulta para entender melhor seu quadro e procurar os melhores caminhos de tratamento faça um agendamento hoje mesmo!

Dr. Luiz Takano <meta name="author" content="Doutor Luiz Takano, Médico Urologista. CRM 119.898">

Dr. Luiz Takano

Urologista – CRM 119.898
Membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia.
Formação em Cirurgia Urológica Robótica na Johns Hopkins School of Medicine.

Agende sua consulta

Outros Artigos