Início » Câncer de rim » Cirurgia Robótica para câncer de rim: como funciona o procedimento

Cirurgia Robótica para câncer de rim: como funciona o procedimento

Cirurgia Robótica para câncer de rim

Além de tratamentos como quimioterapia e radioterapia, a cirurgia robótica é um dos principais meios de tratar o câncer de rim. O procedimento, minimamente invasivo, tem alto percentual de sucesso, promovendo a rápida recuperação do paciente. 

A cirurgia robótica é um método cirúrgico moderno indicado até mesmo para pacientes que tiveram a disseminação do carcinoma de células renais para outros órgãos, pois a retirada do tumor, mesmo quando há metástases, melhora a qualidade de vida do paciente. 

Atualmente, existem alguns tipos de procedimentos cirúrgicos com a finalidade de retirada do tumor, dentre eles a nefrectomia radical ou parcial aberta, a nefrectomia radical ou parcial laparoscópica e a nefrectomia radical ou parcial laparoscópica assistida por robô, também conhecida como nefrectomia robótica. Mas neste post vamos manter o foco exclusivamente neste último procedimento, realizado com assistência de um robô. 

Nefrectomia laparoscópica assistida por robô (nefrectomia robótica)

A nefrectomia laparoscópica assistida por robô, ou simplesmente nefrectomia robótica, recebe este nome por utilizar um sistema robótico na realização do procedimento. 

O médico cirurgião fica dentro da sala cirúrgica e comando o robô, que reproduz os movimentos das mãos do cirurgião, garantindo uma ampla liberdade e precisão de movimento. 

Além disso, a câmera, que permite visão 3D e ampliada dos órgãos a serem operados, também é controlada pelo cirurgião, o que garante um posicionamento sempre adequado.

O sistema robótico,em suma, oferece melhor visão e maior precisão nos movimentos dos instrumentos, quando comparado à cirurgia laparoscópica tradicional. 

Essa técnica é tão eficaz quanto uma cirurgia aberta e geralmente resulta em menor tempo de internação, recuperação mais rápida e menos dor após a cirurgia. 

Dependendo da localização do tumor, do estadiamento da doença e de vários outros aspectos, a cirurgia robótica permite realizar, com segurança, a remoção só do tumor preservando o restante do rim. 

Existe alguma contraindicação para a cirurgia robótica?

A cirurgia robótica pode ser utilizada em todos os estágios da doença e mesmo em tumores maiores, dependendo obviamente da experiência e habilidade do cirurgião. 

Quais as vantagens da cirurgia robótica?

Veja alguns benefícios da nefrectomia laparoscópica assistida por robótica:

  • Precisão dos movimentos
  • Imagem ampliada e tridimensional;
  • Menor perda de sangue;
  • Menor tempo de internação;
  • Menor dor no pós-operatório;
  • Recuperação mais rápida

 A Cirurgia Robótica para câncer de rim é uma das muitas aplicações do robô na medicina. 

Gostou de conhecer um pouco mais sobre esse procedimento e quer tirar dúvidas sobre a cirurgia robótica para tratamento de câncer de rim? Então agende sua consulta com um especialista em cirurgia robótica!

Dr. Luiz Takano <meta name="author" content="Doutor Luiz Takano, Médico Urologista. CRM 119.898">

Dr. Luiz Takano

Urologista – CRM 119.898
Membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia.
Formação em Cirurgia Urológica Robótica na Johns Hopkins School of Medicine.

Agende sua consulta

Outros Artigos