Tipos de Cirurgia para Pedras nos Rins: qual o melhor procedimento?

Principais procedimentos para tratar cálculos renais

Navegue por tópicos:

Pedra nos rins ou cálculo renal ocorrem quando substâncias na urina se agregam, formando, no interior dos rins e vias urinárias, concreções que lembram pedras.

Quando as pedras estão localizadas no interior dos rins, não costumam provocar dor. Mas quando se deslocam pelo fluxo urinário e alcançam o ureter, canal que liga o rim à bexiga, causam obstrução da drenagem de urina, que se acumula, causando dilatação do ureter e do rim, o que gera dor muito intensa, conhecida como cólica renal.

Contudo, graças ao avanço tecnológico da medicina, existem, hoje, diversos tipos de cirurgia de pedras nos rins minimamente invasivas e muito eficazes para tratamento da doença. 

Vamos então saber mais sobre as modalidades cirúrgicas para tratamento de pedras renais aqui no blog da Takano Urologia

Nem todo cálculo renal precisa de tratamento cirúrgico

Primeiramente, é preciso dizer que pedras pequenas podem ser expelidas pela urina. Para aumentar a chance de eliminação e diminuir o tempo para que isso ocorra, prescrevemos medicamentos alfabloqueadores, que “relaxam” o componente fibromuscular do ureter. 

Devemos alertar, porém, que o tratamento com remédios somente pode ser utilizado se o paciente não apresentar dor intratável, alteração de função renal ou infecção urinária associada. 

Tipos de cirurgia para tratamento de pedra nos rins

Para os cálculos que requerem tratamento cirúrgico, há diferentes técnicas que podem ser aplicadas.  

Os principais procedimentos para remoção de cálculos renais são:

  • Ureterorrenolitotripsia a laser;
  • Nefrolitotripsia percutânea;
  • Litotripsia extracorpórea.

Ureterorrenolitotripsia a laser

Neste procedimento, o médico insere uma câmera bastante fina através da uretra do paciente, passa pela bexiga e chega ao rim.

Após avaliar toda a parte “de dentro”do rim e identificar as pedras, o médico utiliza uma fibra de laser para quebrar todos os cálculos renais. Após isso, por meio de outro dispositivo que lembra uma pequena cesta, remove os fragmentos.

Vejas as respostas para as dúvidas mais comuns sobre pedras nos rins

Trata-se, portanto, de procedimento minimamente invasivo, mas bastante eficaz. Sua limitação, porém, refere-se ao tamanho dos cálculos que podem ser tratados por meio desse procedimento, sendo inadequado para pedras maiores que 2 a 2,5 cm. 

Nefrolitotripsia percutânea

A nefrolitotripsia percutânea é geralmente utilizada para pedras maiores que 2cm. O cirurgião faz uma pequena incisão nas costas do paciente, através da qual, insere um equipamento até o rim. 

Utilizando uma fibra de laser ou um dispositivo ultrassônico, o urologista fragmenta e remove as pedras dos rins. 

Devemos ressaltar, porém que esse procedimento, quando comparado a ureterorrenolitotripsia envolve maior risco de sangramento, maior tempo de internação e maior dor pós-operatório.  

Litotripsia extracorpórea por ondas de choque (LECO)

Não configura propriamente uma cirurgia, mas é uma modalidade de tratamento de pedras nos rins. É conhecida popularmente como “bater as pedras”, pelo som característico do aparelho utilizado ou “tratamento por laser”, embora não utilize essa forma de energia.

O paciente recebe sedação ou anestesia geral e é deitado sobre uma espécie de bolha. Neste procedimento, localiza-se o cálculo por meio de raio X ou ultrassom anexos ao aparelho. O aparelho gera ondas de choque que atravessam o corpo e os rins e fragmentam as pedras nos rins.

Há algumas ressalvas para o uso dessa técnica. A mesma não pode ser utilizada em cálculos maiores que 20mm ou 10mm, dependendo da localização. Para cálculos duros (densidade acima de 1000uH) temos resultados ruins com taxas de resolução de 30-50%.

Qual a melhor cirurgia para tratamento de cálculo renal?

Como vimos acima, existem diferentes formas de tratar pedra nos rins. O Médico Urologista deve avaliar o histórico do paciente, exames de laboratório e características dos cálculos ao exame de imagem para definir qual é a mais adequada entre os tratamentos do cálculo renal.

Qual o preço da cirurgia de cálculo renal?

Os preços da cirurgia de pedra nos rins variam conforme a modalidade de tratamento a ser aplicada, o hospital em que será realizada a cirurgia, a habilidade e experiência do cirurgião.

Enquanto alguns procedimentos são simples, outros  demandam maior quantidade de materiais, além de experiência e habilidade do médico urologista.

Por isso, para saber o preço da cirurgia de pedras nos rins, agende uma consulta com o Dr. Luiz Takano e ele poderá avaliar o seu caso! 

Dr. Luiz Takano <meta name="author" content="Doutor Luiz Takano, Médico Urologista. CRM 119.898">

Dr. Luiz Takano

Urologista – CRM 119.898
Membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia.
Formação em Cirurgia Urológica Robótica na Johns Hopkins School of Medicine.

Agende sua consulta

Outros Artigos