Início » cálculo renal » Quais são as causas que levam do câncer de próstata?

Quais são as causas que levam do câncer de próstata?

homens de idade avançada estão entre o maior grupo de risco de câncer de próstata

O câncer de próstata é segundo tipo de câncer mais comum entre os homens, superado apenas pelo câncer de pele não-melanoma

Apesar disso, se a doença for diagnosticada e tratada na fase inicial, a grande chance de cura é maior que 90%. 

Então a cirurgia robótica da próstata (prostatectomia robótica)  é uma das formas mais eficazes de tratamento e pode ser usado mesmo quando o câncer de próstata está mais avançado.

Você conhece os principais fatores de risco que levam ao desenvolvimento da doença? Então aqui no Blog da Clínica de Urologia Takano vamos esclarecer esse assunto!

O que causa o câncer de próstata?

Como em todos os tipos de câncer, a causa exata do câncer de próstata não é conhecida. Essa doença surge provavelmente pela interação entre predisposição genética e fatores ambientais.

Essa interação provoca mutações no DNA que fazem com que as células da próstata cresçam de forma anormal e incontrolável, resultado na formação de tumores malignos. 

Em um quadro agressivo do câncer de próstata, as células podem formar metástases, ou seja, migram do local original do tumor, espalhando-se para outras partes do corpo.

Fatores de risco para câncer de próstata

Há 3 fatores de risco bem estabelecidos para Câncer na Próstata:

  • envelhecimento
  • hereditariedade
  • origem étnica

Envelhecimento

Um dos maiores fatores de risco para o surgimento do Câncer é a idade. Esta doença raramente afeta homens jovens, mas é tipo de câncer mais comum em idosos (>70 anos de idade). 

Hereditariedade

Se um parente de primeiro grau tem Câncer de Próstata, o risco do paciente desenvolver a doença é 2x maior; se 2 ou mais parentes tiverem a doença, o risco aumento 5-11x. 

Origem étnica

A incidência de Câncer na Próstata é alta nos Estados e Europa e baixa no Sudeste Asiático, sugerindo haver um fator relacionado a etnia. 

No entanto, japoneses que se mudaram para o Havaí tem risco aumentado de desenvolver a doença. Esse risco é ainda maior se eles se mudam para a Califórnia. Isso sugere que fatores ambientais como alimentos, comportamento sexual, consumo de álcool, exposição a radiação ultravioleta, e inflamação crônica podem influenciar a evolução da doença. 

Curiosamente, porém, nenhum estudo identificou que mudanças da dieta reduz o risco de desenvolvimento da doença. Obviamente não recomendamos que o paciente se alimente mal ou não se exercite, mas a questão é que esses hábitos não parecem reduzir o risco de desenvolver Câncer.

Como identificar a doença?

O Câncer de Próstata não costuma provocar nenhum sintoma na fase inicial. Então a melhor maneira de identificar a doença é realizar consultas regulares com o urologista, para detecção da doença.

Os exames iniciais são a dosagem de PSA e exame da próstata (“exame de toque”).

Não havendo histórico familiar, recomenda-se iniciar rastreamento da doença aos 50 anos; 1 parente de primeiro grau com a doença, 45 anos; 2 ou mais parentes de primeiro grau com a doença, recomenda-se iniciar consultas com o Urologista a partir dos 40 anos.

Ainda sobrou alguma dúvida sobre a identificação do Câncer na Próstata ou seus fatores de risco? Então entre em contato conosco e agende sua consulta!

Dr. Luiz Takano <meta name="author" content="Doutor Luiz Takano, Médico Urologista. CRM 119.898">

Dr. Luiz Takano

Urologista – CRM 119.898
Membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia. Formação em Cirurgia Urológica Robótica na Johns Hopkins School of Medicine.

Agende sua consulta

Outros Artigos

Fechar Menu
WhatsApp Fale Conosco!