Incontinência urinária após a cirurgia para tratamento do câncer de próstata

Incontinência urinária após a cirurgia para tratamento do câncer de próstata

Navegue por tópicos:

A incontinência urinária é definida como a perda involuntária de urina. Podemos classificá-la em incontinência urinária de esforço, incontinência urinária de urgência ou mista. 

A incontinência urinária de esforço é aquela que ocorre após o paciente realizar alguma atividade física, como levantar peso.  Chamamos de incontinência urinária de urgência quando o paciente apresenta uma vontade súbita de urinar, mas não consegue chegar a tempo ao banheiro.

Ambas as formas podem ocorrer por diversos motivos e apresentar diferentes graus de gravidade. 

Quando o paciente é submetido a cirurgia para tratamento de câncer de próstata, manipulamos o assoalho pélvico, o que pode provocar, como incontinência urinária de esforço. 

Para saber mais sobre essa questão, continue a ler o artigo da Clínica Takano Urologia

Incontinência urinária após cirurgia 

A incontinência urinária de esforço é uma potencial complicação relacionada à cirurgia para tratamento do câncer de próstata. Trata-se de quadro bastante incômodo, pois ações simples como tossir, espirrar ou rir podem desencadear a perda da urina, trazendo constrangimento e afetando o convívio social.

Esse quadro pode ser mais ou menos intenso e se prolongar por semanas ou meses, dependendo de aspectos relacionados ao câncer, técnica cirúrgica e idade. 

É preciso ressaltar, porém, que a recuperação plena do controle da urina ocorre em 95-97% dos casos.

Fisioterapia 

Durante algum tempo, acreditava-se que a fisioterapia poderia auxiliar os pacientes que se tornaram incontinentes após a cirurgia a recuperarem o controle da urina.

Hoje, porém, sabemos que esse tratamento pode acelerar a recuperação da continência, mas não muda o desfecho do paciente, isto é, aqueles que iriam recuperar o controle da urina, o fazem mais rapidamente; aqueles que iriam evoluir com incontinência, não recuperaram esse controle. 

Desse modo, não se recomenda realizar fisioterapia após a cirurgia para tratamento do câncer de próstata.

Cirurgia robótica para câncer de próstata reduz o tempo de incontinência urinária 

A cirurgia robótica pode ser entendida como a evolução da cirurgia laparoscópica. Fazemos pequenos cortes (cerca de 0,8 cm) no abdome do paciente, por onde se inserem câmera e braços robóticos.  Esses instrumentos são controlados pelo cirurgião, por meio de um console localizado no interior da sala cirúrgica.

Essa tecnologia permite visão ampliada de tridimensional do campo cirúrgico, bem como movimentos delicados e precisos, o que se traduz em melhor qualidade técnica do procedimento

Um dos benefícios dessa tecnologia é a recuperação precoce do controle da urina. Os pacientes submetidos a cirurgia robótica recuperam a continência em até 6 semanas do procedimento, enquanto os pacientes submetidos a cirurgia convencional podem demorar cerca de 1 ano para que isso aconteça. 

Além disso, a cirurgia robótica possibilita menor risco de sangramento durante a cirurgia, menor tempo de internação e rápida recuperação.

Por esses benefícios, converse com seu médico urologista e verifique se a cirurgia robótica é a forma mais adequada de tratamento para seu caso. 

Para tirar dúvidas sobre câncer de próstata, incontinência urinária ou tratamentos para câncer de próstata mais modernos, agende uma consulta com o Dr. Luiz Takano!

Dr. Luiz Takano <meta name="author" content="Doutor Luiz Takano, Médico Urologista. CRM 119.898">

Dr. Luiz Takano

Urologista – CRM 119.898
Membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia.
Formação em Cirurgia Urológica Robótica na Johns Hopkins School of Medicine.

Agende sua consulta

Outros Artigos