Início » Cirurgia a Laser » Entenda o teste de rastreamento genético para câncer de próstata

Entenda o teste de rastreamento genético para câncer de próstata

teste de rastreamento genético para câncer de próstata

Algumas pesquisas no campo médico indicam que o câncer de próstata pode se desenvolver por influência de vários fatores. Embora obesidade, fatores hormonais e dieta rica em gorduras possam aumentar o risco de apresentar a doença, o histórico familiar é o fator mais importante. 

Desse modo, o teste de rastreamento genético para apontar a predisposição genética de um indivíduo para desenvolver o câncer prostático pode ser bastante útil. 

O teste é muito eficaz, indolor e tem muitas vantagens, conforme você poderá conferir neste artigo da Clínica Takano de Urologia.

Teste de rastreamento genético com análise de sangue ou saliva

Com os avanços na medicina, é possível estimar o desenvolvimento de tumores prostáticos com um simples exame que analisa fluidos como sangue e saliva. 

Em suma, a coleta dos materiais é muito simples e não oferece desconforto ao paciente. 

Além da facilidade de coleta, outro benefício do teste de rastreamento genético é a eficácia na identificação das chances de apresentação do câncer de próstata em algum momento da vida do homem. 

O exame indica, inclusive, a possibilidade de parentes do paciente desenvolver outros tipos de tumores. 

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), um em cada seis brasileiros será diagnosticado com o tumor de próstata, considerando que grande parte dos  homens tem mais 65 anos. 

Porém, muitos desses tumores não provocam danos ao organismo, evoluem de forma lenta e requerem apenas acompanhamento médico e realização de exames periódicos. 

Benefícios dos testes genéticos para detecção do câncer prostático

Além do teste detectar mudanças em determinados genes, ele também possibilita aos médicos monitorar certos órgãos do paciente com maior atenção. Essa vantagem estende-se também aos familiares do paciente, caso herdem a mesma predisposição.

A realização do teste de rastreamento genético é muito importante quando já existe histórico da doença em nível mais agressivo. 

Isso porque, ao conhecer a predisposição familiar, os médicos podem oferecer uma orientação personalizada, indicando o tratamento mais adequado. E isso, por vezes, inclui a cirurgia robótica, no caso do câncer de próstata

Para quem é indicado o teste de rastreamento genético?

O exame pode ser feito por qualquer homem, em qualquer idade. No entanto, o teste é mais indicado para parentes de pessoas que já apresentaram formas agressivas da doença. 

Além disso, o rastreamento genético pode indicar chances de desenvolvimento do câncer mesmo em homens sem histórico familiar da doença. 

Segundo estudos na área de urologia, a mutação genética pode ocorrer em 11% dos casos em grupos de homens com PSA alto e já com metástases.

Vale lembrar que o teste deve ser  realizado sempre em clínicas e laboratórios especializados!

Agora que você já sabe sobre o teste de rastreamento genético, agende sua consulta para falar com quem é especialista no assunto!

Dr. Luiz Takano <meta name="author" content="Doutor Luiz Takano, Médico Urologista. CRM 119.898">

Dr. Luiz Takano

Urologista – CRM 119.898
Membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia.
Formação em Cirurgia Urológica Robótica na Johns Hopkins School of Medicine.

Agende sua consulta

Outros Artigos